Probabilidade e aposta

Para entender o princípio de apostas, é preciso reconhecer a natureza probabilística da definição de cotações.

As probabilidades são uma forma de expressar a possibilidade de um evento ocorrer. Pode variar entre zero, indicando que o evento nunca acontecerá, até 1, que aceita que a ocorrência é uma certeza.

Os eventos reais que são a base das apostas, tal como resultados esportivos, terão probabilidades entre 0 e 1, sendo que as probabilidades mais próximas de zero têm menos chance de ocorrer do que aquelas próximas de 1.

O cara ou coroa é uma excelente maneira de transmitir muitos dos conceitos usados no cálculo de probabilidades, pois expressam as probabilidades em diversos formatos que são usados pelos agentes de apostas e explicam como a margem do agente de aposta afeta as cotações citadas.

Ao jogar uma moeda, a probabilidade de dar cara ou coroa é a mesma.

Portanto, a probabilidade de dar cara ou coroa é de 0,5 e, conforme o número de giros da moeda aumenta, a porcentagem de caras ou coroas tende a atingir 50%.

A probabilidade pode ser facilmente convertida para o formato decimal, adotando-se o recíproco da probabilidade.

Portanto, uma probabilidade de 0,5 é expressa como 1/0,5 ou 2,0 em formato decimal.

Essa aposta não é atraente para o apostador contra e nem para o apostador a favor.

O apostador contra sabe que a probabilidade de dar cara ou coroa é de 0,5, assim como o apostador a favor.

Portanto, não há margem para dúvidas e, se as cotações citadas forem de mesmo valor ou 2,0, a expectativa de longo prazo é de que nenhuma delas terá lucro.

Consequentemente, o apostador contra vai citar probabilidades para caras ou coroas que sejam menores do que o mesmo valor e, normalmente, cotações de 1,9 para cada uma das duas podem ser citadas.

Agora, em vez de uma aposta vencedora de uma unidade devolver a aposta e os ganhos de uma unidade em 50% das apostas, apenas 0,9 de uma unidade é devolvida como ganhos, juntamente com a aposta de uma unidade.

Esses preços menos generosos garantem que, a longo prazo, os apostadores contra possam cobrir suas despesas gerais e garantir lucro, enquanto o apostador a favor, apesar de selecionar apostas vencedoras regulares, perderá dinheiro, também a longo prazo.

No quesito de apostas, ela é considerada como sendo de valor ruim para os apostadores.

Os eventos esportivos são decididos por diversos fatores e a verdadeira probabilidade de uma vitória em casa, vitória fora de casa ou empate em uma partida de futebol não é conhecida com a mesma certeza que existe para cara ou coroa.

O desempenho histórico e notícias do time são dois fatores que normalmente são usados para compilar cotações de futebol para os três possíveis resultados da partida e, assim como em nosso jogo hipotético de moedas, os agentes de apostas incluirão, então, uma margem para reduzir seu possível pagamento no resultado vencedor.

No entanto, a concorrência entre os agentes de apostas garante que, assim como a redução dos preços dos possíveis resultados em uma partida de futebol, eles também devem permanecer atraentes o suficiente em comparação com os preços cotados por empresas concorrentes, para conseguir atrair apostadores.

Portanto, em situações em que há incerteza sobre a verdadeira probabilidade de um resultado esportivo, mas uma necessidade de manter a competitividade para o apostador contra, eles podem ocasionalmente oferecer um preço que ainda subestime a probabilidade de ocorrer um determinado resultado, mesmo depois de terem aplicado sua margem.

O aumento da disponibilidade de estatísticas inovadoras e avanços em análises de futebol resultou em métodos alternativos para avaliar partidas de futebol, especialmente ao identificar lados que podem ter se beneficiado ou sofrido de episódios aleatórios e muito insustentáveis de sorte ou azar.

Sendo assim, os mercados com margens cada vez mais baixas, especialmente nos intercâmbios de apostas, como a Betfair, podem originar preços de valor em comparação com probabilidades de partida formadas a partir de modelos estatísticos, como aqueles usados para alimentar o aplicativo Infogol.

Vamos ver um exemplo recente.

O ambicioso Norwich não parece ter indicadores estatísticos subjacentes que sustentem sua forte iniciativa de promoção.

Os números de gols esperados do Infogol os colocam apenas no oitavo lugar do Campeonato após 15 jogos, em vez da quarta posição que eles realmente ocupavam, com uma probabilidade estimada de 0,47 para vencer na casa do Leeds na 16ª semana de jogo.

O preço de intercâmbio da Betfair para uma vitória em casa foi de 1,86, o que equivale a uma probabilidade implícita de 0,54.

O time oponente, o Leeds, apareceu no modelo com uma probabilidade de vencer de 0,26, em comparação com um preço de intercâmbio de 4,80 e uma probabilidade implícita de vencer de apenas 0,21.

Se o preço no modelo para o Leeds era um indicador confiável das prováveis chances de sucesso do Yorkshire em uma partida, os retornos maiores devido aos intercâmbios sob avaliação das chances garantiriam um lucro de longo prazo para a abordagem baseada no modelo.

Embora uma vitória do Leeds ainda fosse a menos provável dos três resultados no jogo com o Norwich, a abordagem modelada era mais otimista em relação às chances do que o mercado, mesmo com a margem do agente de apostas.

Então, embora as apostas vencedoras tenham sido menos frequentes para o Norwich, o pagamento a longo prazo da aposta em uma vitória do Leeds e outras semelhantes garantiria lucro se o resultado modelado fosse consistentemente superior aos pontos de vista do mercado.

Postagens recentes no blog